Rádio 7 Online
Destruição

Mais de 17 mil armas de fogo são destruídas em Sapucaia do Sul

Armamento foi incinerado em uma siderúrgica

19/09/2018 15h24
Por: Gilmar Machado
Fonte: Correio do Povo
Armas de fogo são destruídas em Sapucaia do Sul | Foto: Sandro Buchaim / EB / Divulgação / CP
Armas de fogo são destruídas em Sapucaia do Sul | Foto: Sandro Buchaim / EB / Divulgação / CP

O Comando da 3ª Região Militar, por intermédio do 3° Batalhão de Suprimento de Nova Santa Rita, realizou no início da manhã desta quinta a destruição de 17.710 armas de fogo, entre longas, curtas, réplicas e simulacros e outras 7.197 armas brancas encaminhadas pelos diversos órgãos de segurança pública. O armamento foi incinerado em uma siderúrgica em Sapucaia do Sul.

 

Descarregado de uma caminhão militar, o armamento foi suspenso com um poderoso eletroímã manobrado por uma ponte rolante, sendo colocado dentro de dois “cestos” e levado para o interior da aciaria, onde foi derretido sob uma temperatura de 1,6 mil graus centígrados em um forno elétrico de 3 mil volts. A operações repetiu-se várias vezes. Antes da destruição, as armas haviam sido inutilizadas pelos militares através de uma prensa hidráulica, sendo queimadas as partes não metálicas.

 

O 3° Batalhão de Suprimento é a única organização militar no Rio Grande do Sul, com a responsabilidade de receber produtos controlados para custódia ou destruição, seguindo um rigoroso protocolo para recebimento e armazenamento do armamento, incluindo a sua inutilização por meio de uma prensa mecânica e a fundição do metal em siderúrgica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.