Rádio 7 Online
Via Tec telecom
REFORÇO IGP

FORMADOS 87 NOVOS SERVIDORES PARA REFORÇAR PERÍCIAS DO RIO GRANDE DO SUL.

Trabalho do IGP será ampliado com 31 peritos criminais, 27 técnicos em perícias e 29 médicos-legistas.

11/10/2018 23h48
Por: Gilmar Machado
Fonte: Texto: Claiton Silva/SSP Edição: Gonçalo Valduga/Secom
Foto: Rodrigo Ziebell/SSP
Foto: Rodrigo Ziebell/SSP

Os novos peritos criminais, médicos-legistas e técnicos em perícias do Rio Grande do Sul se formaram nesta quinta-feira (11). Ao todo, 87 novos servidores reforçam os quadros do Instituto-Geral de Perícias (IGP). A cerimônia foi realizada no auditório do Foro Central 2 de Porto Alegre e contou com a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e da diretora-geral do IGP, Heloísa Kuser.

O órgão passa a contar, a partir de agora, com o reforço de 31 peritos criminais, 27 técnicos em perícias e 29 médicos-legistas. A partir de segunda-feira (15), eles já desempenharão suas atividades nas unidades de destino. "Investir na perícia não é despesa, é melhorar as condições de toda a estrutura de investigação. É tornar incontestável o material que será remetido ao Ministério Público. Trata-se de uma atividade vital à Segurança Pública", afirmou Schirmer.

Heloísa Kuser destacou a importância do trabalho de elaboração de laudos que comprovem cientificamente a materialidade de um crime. "Nosso objetivo é consolidar o IGP como uma corporação, com servidores aptos à produção de provas técnicas e qualificadas", garantiu.

O concurso público do IGP promoveu o ingresso de 106 novos servidores. Destes, 19 não concluíram o curso, não passaram na análise de vida pregressa ou não se apresentaram no prazo legal. Desta forma, o Estado realizará novo chamamento, permitindo o ingresso de servidores até que o quantitativo determinado pelo edital seja atingido.

O curso

A formação dos técnicos em perícia teve 620 horas-aula. A de médicos-legistas, 648 horas-aula. A dos peritos criminais, 665 horas-aula. Os cursos foram ministrados na Academia Civil Integrada da Segurança Pública (ACISP), no Departamento de Criminalística (DC), Departamento Médico-Legal (DML) e na própria sede do IGP.

Os alunos receberam a capacitação no módulo básico de forma conjunta para depois receberem as aulas dos módulos específicos de cada função. O curso foi concluído com estágios práticos nas respectivas áreas de atuação.

Schirmer: "Investir na perícia é melhorar condições das investigações" - Foto: Rodrigo Ziebell/SSP

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.