RD Foco
Via Tec telecom
Rádio Seven Online
TERRA INDÍGENA

Nota de Carlinhos Alfaiate, Cacique da Terra Indígena do Guarita

Essa nota é de total responsabilidade do Cacique Carlinhos Alfaiate, onde o site rdfoco.com está apenas divulgando a mesma

11/01/2019 20h37Atualizado há 6 meses
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Assessoria do Cacique Carlinhos Alfaiate
Foto: RD Foco
Foto: RD Foco

Eu Carlinhos Alfaiate, no uso de minhas atribuições legais que me conferem o Art.231 da Constituição Federal,  em nota divulgada no dia de 09 de janeiro pelo Ministério Público Federal  (MPF) de Palmeiras da missões, pelo Dr. Guilherme Augusto Velmovitsky  Van Hombleeck, Procurador da República que reconhece a legitimidade da liderança como Cacique eleito pela maioria dos votos no dia 25 de Fevereiro de 2018 a dezembro de 2022, venho a público agradecer primeiramente a Deus, lideranças dos setores apoiadores e esse meio de comunicação que sempre esteve divulgando com ênfase as notas e, normativas da comunidade KAINGANG da TERRA INDÍGENA GUARITA. 

É com prazer que venho divulgar esta nota, pois as nossas lideranças indígenas souberam se portar e suportar os movimentos que opuseram e questionaram a legitimidade do nosso mandato, sem maiores conflitos. 

A partir da nota divulgada no dia 09 de janeiro de 2019, pelo procurador da Republica Dr. Guilherme, quero dizer a comunidade indígena da T.I GUARITA que continuem com suas rotinas de trabalho e que a paz e segurança voltem a reinar em nosso meio e  aproveitando a oportunidade quero dizer que sou o Cacique de todos, e no dia que fui eleito pela maioria dos votos a cor da nossa bandeira passou a ser única, a bandeira do nosso povo indígena da T.I GUARITA. Não é momento de estarmos nos degladiando e sim é momentos de nos unirmos, pois o cenário político não esta favorável  a nós povos originários do Brasil.

Outro sim companheiros e companheiras, as eleições  vão acontecer dentro dos acordos fixados junto ao Ministério Público, não precisando ninguém tomar o poder  da liderança com golpes, podem fazer oposições mas que sejam oposições construtivas e que me ajudem encaminhar projetos para beneficiar o nosso crescimento coletivo.

Também peço a comunidade que continuem os seus afazeres cuidando de suas famílias de suas casas e suas plantas para sustento, pois estamos trabalhando para que os mentores e financiadores destes conflitos respondam conforme o que nos confere a Legislação Brasileira. 

No mais quero novamente agradecer o apoio do Ministério  Público Federal, Polícia Federal, comando das Brigadas Militares e Polícia Civil, também minhas lideranças indígenas pelo trabalho e a dedicação por uma comunidade unida e forte.

Desejar a todos um ano novo cheio de realizações e de maneira muito especial a toda a comunidade da TERRA INDÍGENA DO GUARITA. 

                        TERRA INDÍGENA DO GUARITA  11 DE JANEIRO DE 2019 

                                           CACIQUE CARLINHOS ALFAIATE 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.