Rádio 7 Online
LUTO NA GINÁSTICA

Ginasta que atuou na Seleção Brasileira morreu aos 17 anos

O velório e o sepultamento da ginasta estão marcados para esta sexta-feira, no Cemitério Vila Formosa, em São Paulo.

18/01/2019 18h49
Por: Gilmar Machado
Fonte: O Sul

A CBG (Confederação Brasileira de Ginástica) anunciou oficialmente nessa quinta-feira a morte da atleta Jackelyne da Silva, 17 anos, ocorrida na tarde anterior. Ela estava internada em um hospital de São Paulo, mas o motivo do óbito ainda não foi informado.

“Jack”, como também era chamada, vinha atuando desde 2010 pela equipe do Esporte Clube Pinheiros, na capital paulista. De acordo com amigos e colegas, ela era conhecida por sua alegria e disposição. A ginasta teve passagem pelas categorias de base da Seleção Brasileira. No grupo principal, passou por um período de testes

“Recebemos com surpresa a notícia, que chegou pelo pai da atleta”, publicou a agremiação em postagem nas redes sociais. Nos solidarizamos com os familiares, amigos e técnicos. Ficam, agora, as boas recordações da ginasta fazendo o que mais amava.”  A ginasta Flávia Saraiva lamentou no Instagram e desejou que a jovem “descanse em paz”.

O velório e o sepultamento da ginasta estão marcados para esta sexta-feira, no Cemitério Vila Formosa, em São Paulo. Ainda não há um horário confirmado. “O Pinheiros irá custear e orientar em todos os trâmites”, acrescentou o clube.

Convulsão e parada cardíaca

Apesar da falta de informações oficiais sobre o que ocorreu com a atletas, o técnico Danilo Bornea declarou em entrevista à imprensa que a adolescente havia passado mal no último fim-de-semana. O quadro geral inclui convulsão e parada cardíaca no domingo.

“A Jack teve algum problema parece que de convulsão, acho que no domingo, umas duas vezes. E então ela foi levada para o hospital e medicada. Eu não sei bem direito o que aconteceu… Eu soube que ontem ocorreu mais um episódio de convulsão, seguido de uma parada cardíaca e ela veio falecer”, declarou o treinador a uma emissora de TV de São Paulo.

A Federação Paulista de Ginástica também emitiu um comunicado formal, lamentando o ocorrido com a jovem atleta. “A Federação Paulista de Ginástica quer expressar aos familiares e amigos e a toda comunidade da ginástica os seus sentimentos pela morte da ginasta Jackelyne da Silva, aos 17 anos. Ela era ginasta do Pinheiros e participava de competições da FPG. O céu ganhou uma estrela brilhante”, publicou nas redes sociais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.