RD Online

WhatsApp

55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413

CENTER MÓVEIS REDENTORA
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Gugui Confecções
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Via Tec telecom
Nacional Gás Redentora
Raynet Telecomunicações
Macali Brasil
METALÚRGICA PORTELA
Marcos Higienização e serviços em geral
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Zany Decorações e Presentes
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
TELE ENTREGA DE GÁS DO JAIRO
Lava Car do Éder
POLO UNOPAR REDENTORA
JP Celulares Redentora
Anúncio Rádio RD Online
Banner Site
Lavacar e Borracharia do Juarez
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
FENÔMENO RARO

Eclipse de estrela brilhante por asteroide: o fenômeno raro que poderá ser observado no RS

Segundo o astrônomo Luiz Augusto da Silva, o evento mais recente desse tipo que se tem registro no Estado ocorreu em 1982. Observação poderá ser feita nesta segunda-feira

18/03/2019 10h38
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Gaúcha ZH
Para encontrar a estrela, basta olhar para a direção nordeste, cerca de 30° acima do horizonte. Foto: Divulgação / Divulgação
Para encontrar a estrela, basta olhar para a direção nordeste, cerca de 30° acima do horizonte. Foto: Divulgação / Divulgação

Na noite desta segunda-feira (18), um fenômeno astronômico incomum poderá ser observado por moradores de determinadas regiões do Rio Grande do Sul. Trata-se da ocultação de uma estrela brilhante por um asteroide.

De acordo com o astrônomo Luiz Augusto da Silva, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), é relativamente comum que asteroides passem em frente a estrelas, ocultando-as por um breve período de tempo. Entretanto, quando um deles oculta uma estrela brilhante, o evento pode ser considerado raro. 

— É raro no sentido de que envolve uma estrela brilhante, que pode facilmente ser vista a olho nu. Aqui na nossa região, por exemplo, o evento semelhante mais recente de que se tem registro ocorreu em 1982, na estrela Beta, da constelação de Auriga, que é menos brilhante do que essa da próxima segunda — explica o professor.

Em 18 de março, entre 20h e 20h30min – com maior probabilidade de ocorrer às 20h14min –, o asteroide Cori ocultará a estrela Regulus, ou Alpha Leonis, a mais brilhante da constelação de Leão. Por ser a 21ª estrela mais brilhante de todo o céu, não haverá dificuldade para localizar Regulus a olho nu.

O fenômeno só poderá ser visto dentro de uma faixa geográfica estreita, que corta o Estado no sentido Leste-Oeste, passando pela cidade de Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, e seguindo para o Interior, cruzando os municípios de Santiago e São Borja, na fronteira com a Argentina.

A boa notícia é que, devido às incertezas na órbita do asteroide, cidades como Porto Alegre, Passo Fundo, Santa Maria, Caxias do Sul, Torres e Alegrete, além da região das Missões, também terão chances de conseguir observar o fenômeno.

Como será o fenômeno e o que poderá ser visto

Será possível enxergar um breve "apagão" da estrela. A duração, por depender do tamanho do asteroide e da velocidade de seu movimento – Cori é pequeno, um pedregulho espacial com apenas 15 km de diâmetro –, será bem curta, de apenas 1,5 segundo, no máximo.

Como visualizar a ocultação da estrela

Aqueles que desejarem conferir o evento não terão dificuldade para encontrar a estrela. Basta olhar para a direção nordeste, cerca de 30° acima do horizonte. Ela estará situada a 3,5° da Lua crescente – meio grau é equivalente ao diâmetro aparente do satélite. Recomenda-se, ainda, o uso de um binóculo, para que seja possível manter apenas a estrela no campo de visão, evitando que se enxergue também o brilho da Lua.

— No dia do evento, a Lua vai estar praticamente do lado dela. Sendo assim, até quem não entende do assunto poderá facilmente localizar a estrela — afirma Silva.

Espaço entre as linhas azuis representa o território de onde o evento poderá ser observado. Entre as linhas vermelhas, estão os municípios que têm chances de conseguir visualizar a ocultação da estrela

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.