Rádio 7 Online
Queda

Número de homicídios cai 26,7% nos primeiros quatro meses de 2019

Comparação é com o mesmo período do ano passado. Dados foram divulgados nesta segunda-feira (13) pela Secretaria Estadual de Segurança Pública.

14/05/2019 14h07
Por: Ryan Silvestre
Fonte: G1 RS

O número de homicídios no Rio Grande do Sul teve queda de 26,7% nos primeiros quatro meses de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (13) pela Secretaria Estadual de Segurança Pública.

Foram registrados 661 assassinatos de janeiro a abril, 241 a menos que os 902 do primeiro quadrimestre de 2018. Em abril, a redução foi de 30,4% ante o mesmo mês do ano passado, com 151 vítimas ante as 217 do mesmo mês do ano passado.

Em Porto Alegre, o número de homicídios caiu 45,2%, com 126 mortes no primeiro quadrimestre do ano, após 230 no período de 2018. Em abril, a queda foi de 50% – 58 para 29.

Também foram registradas baixas no quadrimestre em roubos de veículo (-30,8%), furtos de veículo (-15,3%), furtos (-16,2%), roubos (-11,9%), ataques a bancos (-36,7%) e a comércios (-25,3%).

Casos de roubos a usuários de transporte coletivo foram os únicos a terem alta no quadrimestre no estado, com 17 casos a mais que o mesmo período do ano passado. Já na comparação de abril, houve redução, de 49 casos para 36.

O número de latrocínios – roubo seguido de morte – caiu 28,6% no estado de janeiro a abril, de 35 casos para 25. Em abril, a baixa é ainda mais expressiva, passando de 13 ocorrências para sete, o equivalente a 46,2%.

Violência contra a mulher

Os dados de violência contra a mulher também apresentaram queda. Na comparação entre abril de 2019 com abril de 2018, todos os índices caíram. A maior diferença foi no crime de estupro (49,7%), de 167 casos para 84.

De março para abril de 2019, um índice teve alta. Os feminicídios tentados aumentaram 42%. Eram 26 casos, que subiram para 37.

Na comparação com os quadrimestres de cada ano, todos os índices caíram. O crime que mais apresentou queda foi o de estupro (33,4%), que teve 709 casos de janeiro a abril de 2018 e 472 no mesmo período, em 2019.

Veja os números:

Abril 2018

-ameaça: 3.314

-lesão corporal: 1.837

-estupro: 167

-feminicídio consumado: 11

-feminicídio tentado: 44

Abril 2019

-ameaça: 2.901

-lesão corporal: 1.690

-estupro: 84

-feminicídio consumado: 6

-feminicídio tentado: 37

Diferença de um ano para o outro, no mesmo mês

-ameaça: -12,4%

-lesão corporal: -8%

-estupro: -49,7%

-feminicídio consumado: -45,4%

-feminicídio tentado: -15%

Março 2019

-ameaça: 3.367

-lesão corporal: 1.946

-estupro: 110

-feminicídio consumado: 11

-feminicídio tentado: 26

Diferença de um mês para o outro, no mesmo ano

-ameaça: -13,8%

-lesão corporal: -13%

-estupro: -23%

-feminicídio consumado: -45,4%

-feminicídio tentado: +42%

Quadrimestre 2018

-ameaça: 13.666

-lesão corporal: 8.075

-estupro: 709

-feminicídio consumado: 29

-feminicídio tentado: 143

Quadrimestre 2019

-ameaça: 13.123

-lesão corporal: 7.530

-estupro: 472

-feminicídio consumado: 22

-feminicídio tentado: 130

Diferenças

-ameaça: -3,9%

-lesão corporal: -6,7%

-estupro: -33,4%

-feminicídio consumado: -24%

-feminicídio tentado: -9%

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.