RD Online
Banner Site
Gugui Confecções
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Marcos Higienização e serviços em geral
POLO UNOPAR REDENTORA
ZANY DECORAÇÕES
Destak Cursos Profissionalizantes
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Lava Car do Éder
Nacional Gás Redentora
Raynet Telecomunicações
JP Celulares Redentora
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Via Tec telecom
METALÚRGICA PORTELA
Lavacar e Borracharia do Juarez
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
TELE ENTREGA DE GÁS DO JAIRO
Macali Brasil
Anúncio Rádio RD Online

Apreendidas cerca de 25 toneladas de silagem de milho adquiridas de forma fraudulenta

13/06/2019 16h34
Por: Ryan Silvestre
Fonte: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Policiais Civis da DP de Igrejinha realizaram, na manhã desta quinta feira, 13/06/2019, a apreensão de aproximadamente 25 toneladas de silagem de milho, mercadoria adquirida de forma fraudulenta por meio de cheques contendo assinatura falsa na cidade de Nova Santa Rita, no dia 04/06/2019. Na primeira diligência, realizada em uma casa situada na Rua Belmiro Wallauer, bairro Solitária Alta do município de Igrejinha , os policiais localizaram 595 sacas de 40 kg de silagem, mercadoria que já estava exposta para venda. Em seguida, os policiais encontraram mais 38 sacos do produto, que estava no pátio de uma segunda casa, situada na Rua Jorge Linden, no bairro XV de Novembro do município.

O comprador do produto também foi localizado pela Polícia Civil e conduzido à delegacia para esclarecimentos, tratando-se de um homem de  34 anos de idade, morador da cidade de Igrejinha, o qual declarou na DP da cidade que desconhecia o fato de que as cártulas de cheques entregues por ele à vítima possuíam assinatura falsa, tendo alegado que havia recebido o cheque em negociação de veículo que realizou na cidade de Parobé.

Diante do decurso de nove dias entre a negociação realizada e a apreensão da mercadoria no dia de hoje, o suspeito de aplicar o golpe não foi preso em flagrante, devendo, por ora, responder em liberdade o Inquérito Policial a ser promovido pela DP de Nova Santa Rita. A apreensão da mercadoria objeto da  fraude foi formalizada na DP de Igrejinha para, em seguida, ser restituída para a vítima.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.