RD Online
Lavacar e Borracharia do Juarez
UNOPAR VESTIBULAR
CASA DOS LANCHES
Macali Brasil
Lava Car do Éder
Zany Decorações e Presentes
Via Tec telecom
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Anúncio Rádio RD Online
Marcos Higienização e serviços em geral
Banner Site
Gugui Confecções
POLO UNOPAR REDENTORA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2

Operação Comando Central prende 20 pessoas no combate aos crimes de tráfico de drogas e homicídio

11/07/2019 14h37
Por: Ryan Silvestre
Fonte: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Nesta quinta-feira (11), a Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e do Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico (Denarc), desencadeou a Operação Comando Central, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa atuante no tráfico de drogas e participação direta em crimes contra a vida na zona norte da Capital.


Durante as ações, realizadas em Porto Alegre e Cachoeirinha, foram cumpridos 57 mandados de busca e apreensão e 20 pessoas foram presas. Também foram apreendidos aproximadamente cinco quilos de maconha e 300 gramas de cocaína, sete armas de fogo, munições e dinheiro.
A Operação é fruto de um trabalho integrado entre o Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa e o Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico. A investigação, que durou aproximadamente 8 meses, teve atuação concentrada nos níveis estratégico, tático e operacional, sendo utilizadas modernas ferramentas de inteligência policial, interceptação telefônica, análise de dados telemáticos e georreferenciamento das áreas com a utilização de drone.

Segundo o delegado Cassiano Cabral, a operação teve origem na investigação de um triplo homicídio ocorrido no bairro Rubem Berta. “Foram identificados membros pertencentes à organização criminosa da zona norte de Porto Alegre, com atuação no crime contra a vida investigado, além de tráfico de drogas e crime correlatos, inclusive com expulsão de moradores de conjuntos habitacionais para posterior revenda dos imóveis”, contou o delegado.


De acordo com o delegado Thiago Bennemann, verificou-se que o comando de todas as ações criminosas executadas pelo grupo eram coordenadas por um criminoso que está segregado no presídio central. “Entre os detidos, estão duas das maiores lideranças do principal consórcio criminoso do Rio Grande do Sul”, destacou o delegado.


Para a Chefe de Polícia, Delegada Nadine Tagliari Farias Anflor, a importância de ações dessa natureza é justamente o trabalho de integração entre os Departamentos, já que os crimes de tráfico de drogas e homicídio caminham juntos e assim deve ocorrer também o seu combate. “A identificação da autoria de delitos contra a vida, além da prisão de narcotraficantes com papel de liderança, resultando nas prisões efetuadas hoje, traz maior segurança e acabam com a certeza da impunidade”, salientou a Chefe.


A operação mobilizou um efetivo total de 280 policiais e 90 viaturas, além do helicóptero da Polícia Civil, que deu apoio aéreo durantes as atividades, e da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), que se concentraram no bairro Rubem Berta e região metropolitana.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.