Via Tec telecom
RD Foco
Rádio Seven Online

Polícia descobre que homem desaparecido foi devorado pelos próprios cães

Restos do corpo do homem foram encontrados nas fezes dos seus 18 cachorros

12/07/2019 23h10
Por: Josoel Silvestre
Fonte: leouve.com.br
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Um homem, dado como desaparecido há meses, foi totalmente devorado pelos próprios cães, no Texas, EUA, de acordo com a polícia do condado de Johnson, que encerrou o caso nesta quinta-feira (11). Segundo os policiais, a família o procurava desde maio.

O xerife Aaron Pitts, em entrevista ao jornal Metro Reino Unido, disse que restos do corpo de Freddie Mack, de 57 anos, foram encontrados nas fezes dos seus 18 cachorros, após uma análise feita com os animais que moravam com o dono na propriedade. Durante o processo, os investigadores encontraram pedaços de cabelo, roupas e ossos nos dejetos dos cães, todos com o DNA do dono.

Ele não dava mais notícias à família desde 19 de abril deste ano. A polícia chegou a ser acionada em maio, porém, depois de se encaminhar ao terreno, não conseguiu entrar por conta da agressividade dos 18 cães, que tentaram avançar na equipe. Após não achar nenhuma pista do homem na região, os agentes voltaram e conseguiram entrar na casa.

Mark morava em uma propriedade isolada, na comunidade de Venus, com pouco mais de 4 mil habitantes e tinha problemas de saúde. Entretanto, a polícia não soube confirmar se os cachorros chegaram a matar seu dono ou apenas comeram o cadáver. Aaron Pitts disse que aparentemente os animais devoraram todo o corpo de Mark.

“Nunca nós ou alguém com quem falamos ouviu falar de um ser humano ser consumido por inteiro. Os ossos foram completamente quebrados e comidos”, revelou o xerife durante entrevista.

Pitts ainda reforça que os cachorros estavam bem cuidados e alimentados. E que o homem “amava seus animais”. No decorrer da investigação, dois deles foram mortos pelos outros cães. Outros 13, devido à “natureza agressiva”, foram abatidos por policiais. Os três que restaram estão disponíveis para adoção.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.