RD Online
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Gugui Confecções
Banner Site
METALÚRGICA PORTELA
Nacional Gás Redentora
Marina Móveis Redentora
Cervejaria da Praça
Via Tec telecom
ZANY DECORAÇÕES
UNOPAR INFE
UNOPAR VESTIBULAR
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Anúncio Rádio RD Online
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Marcos Higienização e serviços em geral
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Macali Brasil
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Raynet Telecomunicações
Lavacar e Borracharia do Juarez
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
JP Celulares Redentora
TRÂNSITO VIOLENTO

RS registra 19 mortes em acidentes de trânsito em três dias de fiscalização no Dia dos Pais

Operação Viagem Segura começou na sexta (9) e foi até a noite de domingo (11). Além das mortes, 113 pessoas ficaram feridas.

12/08/2019 18h35
Por: Gilmar Machado
Fonte: Por G1 RS
Acidente em Gravataí deixou dois mortos — Foto: Brigada Militar/Divulgação
Acidente em Gravataí deixou dois mortos — Foto: Brigada Militar/Divulgação

A Operação Viagem Segura de Dia dos Pais registrou 19 mortes em acidentes de trânsito em três dias de fiscalização intensificada em razão da data, de sexta-feira (9) a domingo (11). Conforme o Detran-RS, outras 113 pessoas ficaram feridas em 162 ocorrências. O total de veículos fiscalizados em rodovias estaduais e federais foi de 16.184.

Um dos acidentes mais graves ocorreu na madrugada de sábado (10) em Gravataí, na Região Metropolitana. Um motorista, que segundo a polícia estava embriagado, bateu contra outro veículo, na parada 69. Ele tentou fugir, mas foi abordado em seguida. O teste do bafômetro apontou 0,27 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

As vítimas foram identificadas como Paulo Roberto Ferreira da Silva, de 47 anos, e Janete Souza Scherer, de 54 anos. Eles morreram no local.

Os policiais registraram um total de 6.338 infrações. O número de carros recolhidos chegou a 411 veículos, e 123 carteiras de habilitação estavam irregulares.

Órgãos de fiscalização realizaram 2.690 testes com etilômetro, que resultaram na autuação de 46 condutores. Oito desses casos foram enquadrados como crime. Outros 83 condutores que se recusaram a soprar o bafômetro também foram autuados.

No ano passado, a operação contabilizou 20 mortes em três dias, mas esse número chegou a 32, considerando os óbitos que ocorrem em até 30 dias após os acidentes.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.