Baile Cedro Marcado 2
Via Tec telecom
Rádio Seven Online
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
AGENDA DE EVENTOS VIGNE E OLIVEIRA
CASO RARO

Em caso raro, bezerro nasce com duas cabeças em Ametista do Sul

Normalmente, um animal que nasce nessas condições não sobrevive por muitos dias.

14/08/2019 09h00
Por: Gilmar Machado
Fonte: Josias Marques/Portal In Foco RS
 Fotos:Josias Marques/Portal In Foco RS
Fotos:Josias Marques/Portal In Foco RS

Um bezerro com duas cabeças nascido em uma propriedade rural de Ametista do Sul, no Noroeste do Rio Grande do Sul, chamou a atenção dos agricultores nesta terça-feira, 13. O animal com a anomalia nasceu pela parte da manhã. 

Dona Noeli dos Santos contou ao repórter Josias Marques que seu filho Valmir Lopes dos Santos encontrou o animal, que havia nascido em parto normal, porém, percebeu que tinha formação de duas cabeças, com olhos, narizes e bocas.  A vaca está bem. 
De acordo com veterinários, casos como esse são raros. Principalmente pelo bezerro ter nascido vivo. A anomalia pode ser causada por erro na divisão embrionária, ou por uma separação incompleta no caso da gestação de gêmeos univitelinos. 

Na maioria das vezes, o animal com duas cabeças não sobrevive por mais que algumas horas ou semanas, por conta da dificuldade de se alimentar ou pela existência de outras anomalias em órgãos internos.
O animal ainda estava vivo durante a tarde desta terça-feira, 13, quando a reportagem do Portal In Foco RS esteve na propriedade localizada na Linha Santo Antônio.

  • Em caso raro, bezerro nasce com duas cabeças em Ametista do Sul
  • Em caso raro, bezerro nasce com duas cabeças em Ametista do Sul
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.