RD Online
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
JP Celulares Redentora
UNOPAR VESTIBULAR
Banner Site
Via Tec telecom
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Macali Brasil
Raynet Telecomunicações
Marcos Higienização e serviços em geral
ZANY DECORAÇÕES
METALÚRGICA PORTELA
Gugui Confecções
Cervejaria da Praça
Nacional Gás Redentora
Anúncio Rádio RD Online
Marina Móveis Redentora
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Lavacar e Borracharia do Juarez
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
POLO UNOPAR REDENTORA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
REENCONTRO

Família reencontra cachorro 10 anos após animal fugir de casa.

Snoopy, também conhecido como Fumaça, foi encontrado deitado dentro de uma poça de água no meio da rua; reencontro ocorreu em 9 de agosto.

14/08/2019 11h19
Por: Gilmar Machado
Fonte: Por Natalia Filippin, G1 PR — Curitiba
Família reencontra cachorro 10 anos após animal fugir de casa, em Curitiba — Foto: Arquivo pessoal/Karina Bremm
Família reencontra cachorro 10 anos após animal fugir de casa, em Curitiba — Foto: Arquivo pessoal/Karina Bremm

Uma família reencontrou um cachorro que estava desaparecido há 10 anos depois de ter fugido de casa, em Curitiba. O reencontro do animal com os donos foi em 9 de agosto.

O Snoopy, também conhecido como Fumaça pela personalidade um pouco agressiva, foi encontrado pela consultora comercial Karina Bremm.

Segundo ela, o bichinho estava deitado dentro de uma poça de água no meio da rua, no bairro Marinoni, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba.

"Eu estava passando de carro quando vi o cachorro. Quase atropelei ele, buzinei fiz de tudo e nada. Parei o carro e tentei chamar para tirá-lo da rua, mas percebi que ele era surdo", contou ela.

Karina disse que pegou uma porção de ração que tinha no carro, por acaso, e com isso foi atraindo o animal para sair da rua e colocá-lo dentro do veículo.

"Chegando em casa não sabia o que fazer e como tenho gato ficou complicado. Decidi, então, publicar nas redes sociais que havia encontrado o cão. Ainda na internet, encontrei uma pessoa que me indicou um hotel para abrigá-lo", explicou Karina.

Porém, mesmo mantendo o cachorro no hotel, ela continuou fazendo publicações em grupos e nas redes para tentar achar o dono, pois por ele já ser idoso e bravo, seria muito difícil ser adotado.

O reencontro

Um mês e meio depois do ocorrido, na semana passada, um homem enviou uma mensagem para Karina no Facebook falando que tinha visto a foto do cachorro e achava que era o animal que tinha fugido há 10 anos de casa.

"Ele perguntou: 'é macho?', falei que era. Aí ele me perguntou como que eu tinha resgatado, e ele emocionado me disse: 'nossa, minha família morou nesse bairro há muito tempo. Pelas características que você falou, é ele. É o Snoopy'. E eu senti verdade na fala dele", relatou Karina.

Ela contou que o cachorro rosnava até quando iam dar comida. Porém, quando o dono abriu a porta do carro, o Snoopy logo entrou.

"Quando o dono pegou na corrente, ele já foi andando do lado. Reconheceu mesmo, e aí vimos que era real a história. Eles abriram a porta do carro, e ele já entrou, como quem diz: 'achei finalmente a minha família'. Foi tão lindo", disse.

A fuga

De acordo com o dono do Snoopy, que não quis ter o nome divulgado, a família achava que nunca mais iria ver o animal.

"Ele e outro cachorro que tínhamos fugiram há dez anos, quando meu filho tinha poucos meses de vida. Um dos cães voltou, mas o Snoopy não. Na época não tinha redes sociais, nem nada, então perdemos ele mesmo", contou o rapaz.

Ainda segundo ele, só viu a foto que a Karina havia postado no Facebook porque tinha aparecido um outro cachorro na frente de casa e ele decidiu divulgar para tentar encontrar o dono.

"É engraçado, né? Parece coisa de Deus, era para ter esse reencontro. Eu vi que era ele pelos traços familiares, pelo olhar, mesmo estando com os pelos mais brancos", explicou.

Atualmente, a família mora no bairro Sítio Cercado. O rapaz contou que a mãe do Snoopy fez parte da família por muito tempo.

"O Snoopy morou 11 anos conosco, então agora deve ter 21 anos, é bem velhinho. Talvez tenha voltado para se despedir mesmo. Ele está meio mal, deve ter sofrido muito enquanto estava na rua. Eu duvido que ele tenha morado com outra família justamente por causa da sua personalidade forte", disse o dono.

  • Família reencontra cachorro 10 anos após animal fugir de casa.
  • Família reencontra cachorro 10 anos após animal fugir de casa.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.