RD Online
Gugui Confecções
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Macali Brasil
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Cervejaria da Praça
Via Tec telecom
Nacional Gás Redentora
METALÚRGICA PORTELA
UNOPAR VESTIBULAR
Raynet Telecomunicações
Gráfica Modelo
Banner Site
JP Celulares Redentora
Anúncio Rádio RD Online
Marina Móveis Redentora
UNOPAR INFE
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
BAILE BENEFICENTE - HOSPITAL SANTO ANTÔNIO
Móveis Rústicos do Nego Claudio

Mulher é presa por não pagar pensão alimentícia em Passo Fundo

10/09/2019 17h50
Por: Ryan Silvestre
Fonte: Rádio Uirapuru
Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

A prisão de homens que não cumprem a determinação legal de pagar pensão alimentícia para seus filhos é algo corriqueiro, mas em Passo Fundo uma mulher acabou presa na tarde desta terça-feira (10) pelo mesmo motivo.

A Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) foi quem cumpriu o mandado de prisão contra uma mulher de 31 anos. Ela foi localizada no centro da cidade e contra si pesa o mandado de prisão por não pagar a pensão alimentícia ao filho, menor, que vive com outra pessoa. Após a prisão, ela foi encaminhada para delegacia e depois ao presídio.

Normalmente a prisão por não pagamento de pensão tem uma base de 30 dias em regime fechado, podendo ser prorrogada por até três meses. Após a comprovação do pagamento pelo devedor ele é solto.

A legislação atual prevê que os presos por débito alimentar ficarão em celas especiais, o que significa que não ficarão junto àqueles que estão presos respondendo processos criminais, tais como homicídios, tráfico e roubo, por exemplo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.