RD Online
Gugui Confecções
FESTA DO PORCO NO ROLETE
BAILE ANIVERSÁRIO FALEIRO 2
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
AGENDA DE EVENTOS VIGNE E OLIVEIRA
Via Tec telecom
Banner Site
Macali Brasil
CPFs Cancelados

Em dois casos semelhantes, policiais da reserva reagem a assalto e matam bandidos na capital

13/09/2019 08h53
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Gaúcha ZH
 Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em dois casos semelhantes, policiais realizaram cancelamento de CPFs de criminosos na capital gaúcha nessa quinta-feira.

Em um deles, um policial da reserva reagiu a um assalto e matou um suspeito no bairro Alto Petrópolis, na zona leste de Porto Alegre, na noite desta quinta-feira (12). Conforme o delegado Guilherme Gerhardt, o policial estava na rua mostrando um veículo para um amigo quando foi abordado pelo criminoso.

— Ele chegou ao local com comparsas em um carro preto. Ao descer do carro, anunciou o assalto. O policial reagiu em legítima defesa — apurou o delegado.

Ainda conforme a polícia, o suspeito chegou a ser socorrido pelos comparsas, mas foi  deixado morto a uma quadra do local do crime. A arma utilizada pelo criminoso era um simulacro (falsa). 

Testemunhas disseram ter ouvido pelo menos cinco disparos. Uma moradora da região, que não quer ser identificada, lamentou o aumento da criminalidade no bairro.

— Eu estava trabalhando no computador perto da janela e me joguei no chão — comentou. 

A ação aconteceu na esquina das avenidas Germano Schmarczek e Mãe Apolinária Matias Batista. Conforme o delegado, o criminoso morto ainda não foi identificado.

Caso similar

O outro caso aconteceu pela parte da tarde, quando um sargento da reserva reagiu a um assalto e matou um suspeito no bairro Jardim Leopoldina.

Conforme a Brigada Militar, o PM estava entrando em seu carro, que estava estacionado em frente à casa de um familiar, quando foi abordado por um homem armado. O assaltante roubou o celular do sargento e fugiu a pé. 

No entanto, o policial aposentado entrou em seu carro e perseguiu o assaltante. Na Rua Hermeto Bermudez, o suspeito atirou e acertou o para-brisa do carro do PM, que reagiu e disparou contra ele.

O criminoso foi atingido e morreu no local. Até o momento, não foi identificado.  O local está isolado aguardando a chegada da perícia.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.