RD Online
CASA DOS LANCHES
Via Tec telecom
UNOPAR VESTIBULAR
Marcos Higienização e serviços em geral
Macali Brasil
Anúncio Rádio RD Online
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Lavacar e Borracharia do Juarez
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Zany Decorações e Presentes
Gugui Confecções
Lava Car do Éder
POLO UNOPAR REDENTORA
Banner Site
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2

Falso médico usava identidade de homem formado em Passo Fundo

11/10/2019 15h17
Por: Ryan Silvestre
Fonte: Rádio Uirapuru
Foto: Reprodução/RIC Record TV
Foto: Reprodução/RIC Record TV

A farsa de um homem que se passava por médico foi descoberta no interior do Paraná. O falso médico atendia na Clínica e no Hospital municipal de Atalaia, um pequeno município no interior do Estado.

Segundo a secretária de saúde do município ele usava o nome de Lisandro Traesel, e para ser contratado teria apresentado toda a documentação necessária, inclusive diploma de formação universitária e carteira do Conselho Regional de Medicina do Paraná.

O comportamento do falso médico diante de uma situação de emergência chamou a atenção de uma colega de profissão que trabalha no Samu e que percebeu que o homem ficou muito nervoso durante atendimento a uma vítima de parada cardíaca. Desconfiada ela checou  CRM do suposto médico e descobriu que o Dr. Lisandro Traesel existe, mas não era o homem que trabalhava no Paraná.

O falso médico acabou confessando para a secretária de saúde que utilizou documentos falsos. Ele disse também que teria feito medicina na Bolívia e não conseguiu revalidar o diploma para atuar no Brasil.

O verdadeiro médico foi localizado por uma emissora de TV e informou que o diploma da Universidade Evangélica usado pelo suposto médico de Atalaia é falso e que ele teria se formado na UPF em Passo Fundo no ano 2000.

O verdadeiro Lisandro Traesel disse que esta é a quinta vez que seu nome é utilizado em cidades diferentes para o exercício ilegal da profissão.

O município de Atalaia registrou um boletim de ocorrência e a Polícia Civil investiga o caso e tenta descobrir a verdadeira identidade do falso médico. Após conversa com a secretária de saúde ele virou as costas e saiu correndo, não sendo mais encontrado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.