RD Online

WhatsApp

55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413

Marcos Higienização e serviços em geral
UNOPAR VESTIBULAR
Lava Car do Éder
Anúncio Rádio RD Online
Zany Decorações e Presentes
CASA DOS LANCHES
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Lavacar e Borracharia do Juarez
Banner Site
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Macali Brasil
POLO UNOPAR REDENTORA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Via Tec telecom
Gugui Confecções

Homem embriagado e sem CNH é preso após atropelar idosa e tentar fugir em Caxias

11/10/2019 15h18
Por: Ryan Silvestre
Fonte: Portal Leouve

Um homem de 32 anos foi preso em flagrante após atropelar uma idosa e tentar fugir do local do acidente no bairro Reolon, em Caxias do Sul. O fato aconteceu por volta das 19h45min de quinta-feira (10) na Rua Adyles dos Santos, nas imediações da Unidade Básica de Saúde (UBS).

De acordo com informações registradas em boletim de ocorrência, Maria de Lourdes Nascimento, 60, estava caminhando pela via quando foi atingida por um veículo Siena de cor vermelha. Segundo boletim médico, a mulher teve fraturas na perna direita e no braço esquerdo, escoriações no ombro esquerdo, lesões no rosto e um corte acima do olho esquerdo. Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao Hospital Pompéia.

Cerca de um quilômetro do local do acidente, o homem foi abordado pela Brigada Militar (BM). Conforme os PMs, ele apresentava sinais de embriaguez. O indivíduo foi submetido ao teste do bafômetro que apontou 0,83 mg/l de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. Além disso, ele não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Em depoimento, o homem alegou que havia ingerido bebida alcoólica duas horas antes do fato e que retirou o carro da garagem de uma casa porque tinha informação de uma ação policial e o veículo estaria com licenciamento atrasado. Conforme o detido, na rua da UBS dobrou à esquerda, e a mulher teria surgido repentinamente na via. Segundo B.O, o homem teria fugido porque era a primeira vez que isso acontecia com ele e entrou em pânico, mas ao ver a viatura da BM parou e assumiu o fato.

Ele foi atuado por lesão corporal culposa de trânsito (quando não há intenção), fuga de local do acidente e embriaguez ao volante. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Trânsito da Polícia Civil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.