RD Online
Zany Decorações e Presentes
CASA DOS LANCHES
Gugui Confecções
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
Marcos Higienização e serviços em geral
POLO UNOPAR REDENTORA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Macali Brasil
Lavacar e Borracharia do Juarez
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
UNOPAR VESTIBULAR
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Anúncio Rádio RD Online
Lava Car do Éder
Via Tec telecom
Banner Site

RS registra mais dois casos de sarampo em Ijuí e em Gravataí

11/10/2019 17h07
Por: Ryan Silvestre
Fonte: G1 RS
Vacinação contra o sarampo se intensificou este mês no Brasil inteiro — Foto: Reprodução/Rede Amazônica
Vacinação contra o sarampo se intensificou este mês no Brasil inteiro — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Dois novos casos de sarampo foram registrados em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, e em Ijuí, no Norte do estado.

Com isso, o Rio Grande do Sul chega a 15 casos confirmados da doença este ano. Os dados foram divulgados, na quarta-feira (9), pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

Um deles é de um morador de Ijuí, com histórico de viagem ao Paraguai. O outro paciente é uma mulher, moradora de Gravataí, mãe de um bebê que, na semana passada, já havia tido a doença confirmada.

Situação epidemiológica do sarampo no RS:

-Casos notificados: 381

-Casos descartados: 334 (87,7%)

-Casos confirmados: 15 (3,9%)

-Em investigação: 32 (8,4%)

Como a vacinação é a maneira mais eficiente de prevenção, o Ministério da Saúde disponibilizou dose extra para crianças de seis a 11 meses, que se chamou de “dose zero”. O objetivo é intensificar a vacinação desse público-alvo, que é mais suscetível a casos graves e até mortes.

A dose zero” não substitui a primeira dose contra o sarampo no Calendário Básico Infantil, dada aos 12 meses de idade com a vacina tríplice viral (que também protege contra a rubéola e a caxumba). A proteção é completada aos 15 meses com a tetra viral (que previne ainda contra a varicela, também conhecida como catapora).

Casos por faixa etária:

-Menor de um ano: três casos (20%)

-Entre 15 e 19 anos: cinco casos (33,3%)

-Entre 20 e 29 anos: quatro casos (26,6%)

-Entre 30 e 39 anos: dois casos (13,3%)

-Maior de 50 anos: um caso (6,6%)

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus. A transmissão pode ocorrer por tosse tosse, fala, espirro ou respiração próximo de outras pessoas. Qualquer indivíduo que apresentar febre e manchas no corpo (exantemas) acompanhado de tosse, coriza ou conjuntivite deve procurar os serviços de saúde para a investigação, principalmente aqueles que estiveram nos 30 dias anteriores em viagem a locais com circulação do vírus. Casos suspeitos devem ser informados imediatamente às Secretarias Municipais de Saúde ou para o Disque Vigilância, por intermédio do número 150.

Município de residência:

-Porto Alegre – 8 casos

-Gravataí – 3 casos

-Cachoeirinha – 2 casos

-Dois Irmãos – 1 caso

-Ijuí – 1 caso

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.