RD Online
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Gugui Confecções
Lava Car do Éder
Lavacar e Borracharia do Juarez
TELE ENTREGA DE GÁS DO JAIRO
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
POLO UNOPAR REDENTORA
Nacional Gás Redentora
Via Tec telecom
Anúncio Rádio RD Online
Zany Decorações e Presentes
Macali Brasil
Raynet Telecomunicações
CENTER MÓVEIS REDENTORA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
METALÚRGICA PORTELA
Banner Site
Marcos Higienização e serviços em geral
AGROTÓXICO

Fepam suspeita que agrotóxico em lavoura de arroz pode ter matado 265 pássaros silvestres

Aves foram encaminhadas para laboratório onde passarão por análise

10/11/2019 14h22
Por: Gilmar Machado
Fonte: Gaúcha ZH
Pássaros mortos foram localizados espalhados pela lavoura Fepam / Divulgação
Pássaros mortos foram localizados espalhados pela lavoura Fepam / Divulgação

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) suspeita que a morte de 265 pássaros silvestres tenha relação com o uso de agrotóxicos em uma lavoura de arroz, em Palmares do Sul, no Litoral Norte. As aves, cujas espécies não foram divulgadas, foram encontradas mortas na última quinta-feira (7), em uma lavoura. 

A Secretaria do Meio Ambiente e a Fepam foram até o local, após serem chamadas pelo Comando Ambiental da Brigada Militar. A suspeita de que as aves tenham morrido por causa do agrotóxico é porque as espécies se alimentam do cereal. 

Algumas aves mortas e sementes de arroz foram encaminhadas para análise em um laboratório vinculado à Fepam, em Santa Maria. O objetivo é investigar a presença de agrotóxicos. A suspeita é que taxas elevadas do defensivo possam ter causado a morte dos animais.  

O proprietário da lavoura, que ainda não foi identificado, deverá responder a medidas administrativas. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.