RD Online
Cervejaria da Praça
Anúncio Rádio RD Online
Via Tec telecom
CENTER MÓVEIS REDENTORA
UNOPAR VESTIBULAR
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Lavacar e Borracharia do Juarez
Banner Site
Marcos Higienização e serviços em geral
Marina Móveis Redentora
Raynet Telecomunicações
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Nacional Gás Redentora
UNOPAR INFE
Macali Brasil
ZANY DECORAÇÕES
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
METALÚRGICA PORTELA
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
JP Celulares Redentora
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Gugui Confecções
ISABELLE BONINI

Aos 9 anos, estudante de Palmeira das Missões escreve primeiro livro digitalizado pela Seduc

Embora a menina nunca tenha saído do Brasil ou do Rio Grande do Sul, teve criatividade para ambientar a história, fazendo pesquisas em livros informativos.

14/11/2019 07h33
Por: Gilmar Machado
Fonte: Texto: Suzy Scarton Edição: Marcelo Flach/Secom
Isabelle autografou livro para o governador.
Isabelle autografou livro para o governador. "Só não conta tudo para não ter muito 'spoiler'", brincou Leite - Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

A paixão pela leitura inspirou a pequena Isabelle Bonini, de nove anos, a escrever um livro. Estudante do Colégio Estadual Três Mártires, de Palmeira das Missões, a menina é uma das participantes da plataforma Elefante Letrado, que tem parceria com o Estado e incentiva a leitura por parte das crianças da rede estadual de ensino.

A história de Isabelle chegou ao governador Eduardo Leite quando a diretora-executiva da Elefante Letrado, Mônica Timm, enviou um vídeo para Leite, no qual a menina descrevia a paixão pela leitura e pela escrita. O governador respondeu com outro vídeo, incentivando a menina a seguir o caminho.

Para concretizar a conversa entre os dois, a Secretaria da Educação (Seduc) trouxe a menina ao Palácio Piratini, nesta quarta-feira (13/11), onde foi recebida pelo governador. Isabelle entregou uma cópia do livro, autografada e com uma dedicação especial ao chefe do Executivo, e resumiu a história que criou. "Só não conta tudo para não ter muito 'spoiler'", brincou Leite.

O governador garantiu que pretende estender a plataforma de leitura digital, ampliando para todas as escolas da rede estadual. Serão 120 escolas inicialmente, com previsão da expansão. "Espero que o exemplo da Isabelle sirva para estimular outras crianças", explicou.

O livro de Isabelle, chamado "Adara, confissões de uma órfã", conta a história de uma menina que foge da guerra civil na Síria para a Espanha. De lá, foi enviada para o Brasil, onde foi recebida muito bem e se destacou pela habilidade que tinha para a dança do ventre. "Me inspirei em uma novela e na música 'Diáspora', dos Tribalistas, e também me informei sobre a situação da Síria", contou a estudante.

Embora a menina nunca tenha saído do Brasil ou do Rio Grande do Sul, teve criatividade para ambientar a história, fazendo pesquisas em livros informativos. Na plataforma Elefante Letrado, leu mais de 450 livros, entre eles, histórias de Monteiro Lobato e de Machado de Assis.

A Seduc também editou e criou uma versão digital do livro - o primeiro livro digital do Estado, conforme destacou o secretário da Educação, Faisal Karam. "A Isabelle é um exemplo da qualidade e da força da nossa escola pública, que muito nos orgulha. O livro dela é o primeiro exemplar de muitos que virão. Queremos incentivar cada vez mais o gosto pela leitura, a partir de plataformas como a Elefante Letrado, que estimulam o hábito de ler”, disse Faisal.

O Elefante Letrado é uma plataforma digital de leitura, direcionada a alunos dos anos iniciais e Ensino Fundamental. Projetada para desenvolver a formação do hábito da leitura e a compreensão, conta com mais de 900 títulos em português e inglês, de autores como Ziraldo, Monteiro Lobato, Martha Medeiros, Charles Perrault e Marcelo Carneiro da Cunha.

Aluna da rede estadual, Isabelle pesquisou para escrever história de menina refugiada da guerra na Síria - Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

  • Aos 9 anos, estudante de Palmeira das Missões escreve primeiro livro digitalizado pela Seduc
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.