RD Online
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Marina Móveis Redentora
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Marcos Higienização e serviços em geral
UNOPAR INFE
JP Celulares Redentora
Cervejaria da Praça
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Banner Site
Lavacar e Borracharia do Juarez
Via Tec telecom
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
ZANY DECORAÇÕES
CENTER MÓVEIS REDENTORA
METALÚRGICA PORTELA
UNOPAR VESTIBULAR
Nacional Gás Redentora
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Macali Brasil
Raynet Telecomunicações
Gugui Confecções
Anúncio Rádio RD Online
BRASILEIRÃO 2019

Fora de casa, Grêmio acaba superado pelo Athletico-PR

Com um jogador a menos, Tricolor acabou derrotado pelo time paranaense por 2 a 0

28/11/2019 07h05
Por: Gilmar Machado
Fonte: Grêmio FBPA
Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA
Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

O Grêmio enfrentou o Athletico-PR na noite desta quarta-feira, em jogo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fora de casa, o Tricolor acabou superado pelo placar de 2 a 0.

 

A partida iniciou equilibrada, com uma marcação muito forte do time paranaense. A primeira chegada ao ataque foi dos donos da casa, com uma cobrança de escanteio. Nikão colocou na área, mas Galhardo subiu para desviar e afastar do campo de defesa tricolor, logo no minuto inicial. Aos 9’, mais uma oportunidade perigosa criada pelo Furacão. Rony foi a linha de fundo, pela direita, rolou para o centro da área, acionando Marcelo Cirino, que finalizou de primeira, por sorte, sobre a meta gremista.

O Grêmio tentou apostar nas jogadas de contra-ataque, uma delas com Tardelli, que saiu em velocidade e acionou Everton, mas a marcação conseguiu o corte pela lateral, interceptando o lance, com 11 minutos de bola rolando. Já aos 18’, Tardelli fez uma jogada com Cortez, pela esquerda - o lateral devolveu o passe para o atacante, que avançou pelo meio e finalizou, mas Santos defendeu.

Após os 20 minutos da partida, os gremistas passaram a ficar com maior controle do jogo, mantendo a posse de bola. Em uma nova investida no ataque, Galhardo foi acionado na direita, recebeu próximo a linha de fundo e cruzou na pequena área, mas o arqueiro do Athletico fez uma nova defesa. Aos 25’, Luciano serviu Cortez na esquerda, que fez um cruzamento na cabeça de Alisson, já dentro da área, mas o atacante mandou por cima do gol. Três minutos depois, foi Everton quem recebeu, cortou pra perna direita e chutou, mas mais uma vez, Santos defendeu. O Furacão respondeu na sequência com Rony, pela esquerda. O atacante mandou um chute forte, obrigando Paulo Victor a fazer boa defesa.

Aos 32’, Cortez fez mais um cruzamento na área, desta vez rasteiro, mas Santos caiu para defender. No minuto seguinte, os donos da casa conseguiram abrir o placar com Márcio Azevedo. O lateral foi acionado na esquerda, invadiu a área e chutou forte - a bola bateu na trave e entrou, no canto esquerdo da meta gremista. O Grêmio teve uma oportunidade em falta. Alisson colocou na boca do gol, a defesa afastou, mas a sobra ficou com Everton, que arrematou a gol, mas a bola acabou indo para fora.

Na reta final, os paranaense ainda tiveram um escanteio a seu favor. No primeiro, a bola foi colocada na área e a zaga afastou. Na segunda cobrança, Thiago Heleno conseguiu desviar de cabeça, mas mandou pela linha de fundo.

O Athletico voltou para a etapa complementar pressionando os gremistas. Logo no minuto inicial, Marcelo se aproveitou de um erro da defesa e buscou a meta do Tricolor, mas Paulo Victor conseguiu afastar o perigo. Em seguida, Rony finalizou tentando uma bicicleta, mas mandou pra fora.

Aos 8’, Cortez fez um cruzamento para Tardelli, mas Thiago Heleno cortou para escanteio. Na cobrança, a bola foi colocada na área, Kannemann desviou de cabeça e Santos conseguiu defender. De novo no ataque, foi a vez de Diego Tardelli cruzar na área. Michel subiu para desviar de cabeça, mas a bola foi pela linha de fundo, com 10 minutos jogados.

Aos 12’, após cobrança de falta, Nikão recebeu e finalizou a gol. Paulo Victor defendeu no canto direito. No minuto seguinte, Marcelo Cirino recebeu na área e tentou a finalização, mas dividiu com a marcação e a bola sobrou para o goleiro gremista.

Após análise no VAR, a arbitragem assinalou pênalti para o Furacão, no lance em que Nikão chutou a gol e a bola explodiu em Matheus Henrique, batendo no braço do volante. Nikão foi para a cobrança e mandou uma pancada, marcando o segundo do time paranaense, aos 18’.

Os donos da casa seguiram pressionando e mantendo maior intensidade na partida. Aos 21 minutos, o Grêmio teve um de seus jogadores expulsos - Tardelli cometeu uma falta forte sobre Nikão e acabou sendo punido com o cartão vermelho.  Uma nova chance do Tricolor surgiu em uma falta da intermediária. A bola foi colocada na área, Kannemann desviou, mas mandou pela linha de fundo.

Aos 31’, o Athletico teve mais uma oportunidade de gol. Rony fez uma boa jogada pela esquerda e rolou para Nikão completar a gol, mandando por cima da meta, com muito perigo. Em seguida, Erick arriscou da entrada da área, obrigando Paulo Victor a espalmar, fazendo grande defesa.

Na reta final, o Furacão ainda tentou com mais uma finalização de Erick, que mandou por sobre a meta. Já aos 45', o Tricolor tentou com Pepê, que fez uma grande jogada pela esquerda e lançou Kannemann, mas a defesa jogou para escanteio.

Com o resultado, o Grêmio não soma pontos, mas segue no G4 do Brasileirão, com 59 pontos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.