RD Online
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Marcos Higienização e serviços em geral
Nacional Gás Redentora
JP Celulares Redentora
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
METALÚRGICA PORTELA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
Cervejaria da Praça
Lavacar e Borracharia do Juarez
CENTER MÓVEIS REDENTORA
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Lava Car do Éder
Marina Móveis Redentora
ZANY DECORAÇÕES
POLO UNOPAR REDENTORA
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Raynet Telecomunicações
Anúncio Rádio RD Online
Via Tec telecom
Gugui Confecções
Banner Site
UNOPAR VESTIBULAR
Macali Brasil
INCLUSÃO SOCIAL

Apenados do Presídio de Sobradinho constroem casas para cachorros de rua

Motivando a inclusão social das pessoas privadas de liberdade, outras atividades também são realizadas na casa prisional, como a produção de artesanato e de hortaliças.

03/12/2019 11h50
Por: Gilmar Machado
Fonte: SUSEPE
Fotos: Divulgação/Susepe
Fotos: Divulgação/Susepe

Apenados do Presídio de Sobradinho constroem casas para cachorros de rua

No Presídio Estadual de Sobradinho, dez apenados trabalham na construção de casas que são doadas a cães abandonados e em situação de maus tratos. O projeto é desenvolvido em parceria com a ONG Anjos da Rua, que realiza os levantamentos sobre a necessidade das casas e viabiliza os materiais por meio de doações. Motivando a inclusão social das pessoas privadas de liberdade, outras atividades também são realizadas na casa prisional, como a produção de artesanato e de hortaliças.

Todos os alimentos produzidos por dez apenados na horta são distribuídos para entidades sem fins lucrativos, hospitais filantrópicos e projetos sociais. Para viabilização do trabalho, a aquisição de adubos e sementes é realizada por meio de doações da comunidade e dos próprios servidores da casa prisional.

Em torno de 15 apenados, entre homens e mulheres, confeccionam artigos artesanais na Oficina de Belas Artes. Eles aprendem técnicas de artesanato e trabalham com materiais como madeira, palitos de picolé, lã, panos, papelão e EVA. Os materiais para os trabalhos são adquiridos através do Conselho da Comunidade. 

Além disso, em parceria com o Rotary da cidade, a mão de obra prisional também é utilizada para a higienização de tampas de garrafa pet. Os apenados fazem a limpeza das tampas e a separação por cores, para enviar aos responsáveis, que, por meio da venda dos materiais, revertem o dinheiro para a compra de cadeiras de rodas.  

A Diretora do Presídio de Sobradinho, Giselda Cezar, enaltece as ações de tratamento penal realizadas na casa prisional. “Todas as atividades de inclusão social têm o objetivo de desenvolver capacitações para os presos e trabalhar questões de cidadania”, afirma.

  • Apenados do Presídio de Sobradinho constroem casas para cachorros de rua
  • Apenados do Presídio de Sobradinho constroem casas para cachorros de rua
  • Apenados do Presídio de Sobradinho constroem casas para cachorros de rua
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.