RD Online

WhatsApp

55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413

Marina Móveis Redentora
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Nacional Gás Redentora
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Gugui Confecções
Marcos Higienização e serviços em geral
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Macali Brasil
JP Celulares Redentora
METALÚRGICA PORTELA
ZANY DECORAÇÕES
Banner Site
UNOPAR VESTIBULAR
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
Lava Car do Éder
Anúncio Rádio RD Online
POLO UNOPAR REDENTORA
Lavacar e Borracharia do Juarez
Via Tec telecom
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Raynet Telecomunicações
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Cervejaria da Praça

Quadrilha gaúcha suspeita de realizar golpes do bilhete premiado na região Oeste Catarinense é presa

Ação foi realizada pelas polícias Civil de Concórdia, através da DIC, Militar e PRF

04/12/2019 09h18
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Oeste Mais
Quadrilha foi presa na BR-282, em Catanduvas (Foto: Polícia Civil)
Quadrilha foi presa na BR-282, em Catanduvas (Foto: Polícia Civil)

Uma quadrilha suspeita de realizar golpes do bilhete premiado na região Oeste catarinense foi presa no final da tarde desta terça-feira, dia 3, em Catanduvas. A prisão é resultado de uma ação conjunta das polícias Civil de Concórdia, através da DIC (Divisão de Investigação Criminal), Militar e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Segundo informações da DIC, a quadrilha havia aplicado o golpe nesta terça-feira, para um idoso, em Concórdia. O homem foi lesado em R$ 6 mil. Depois da denúncia, foi constatado que o grupo utilizava um carro com placas de Passo Fundo, município gaúcho, e que já havia passado pela PRF de Cachimbo.

Com auxílio da PM de Concórdia, iniciou-se a busca pelos suspeitos. Eles foram presos, próximo ao trevo da cidade de Catanduvas, na BR-282. Depois de serem identificados pela vítima, uma mulher e dois homens foram presos em flagrante por estelionato.

Segundo a Polícia Civil, eles devem fazer parte de uma quadrilha de estelionatários de Passo Fundo que estavam agindo na região catarinense. Com os suspeitos foi encontrado mais de R$ 4 mil. Após a prisão, todos foram conduzidos a DIC de Concórdia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.