RD Online

WhatsApp

55996230597 -- 55999899863 -- 55997318413

Anúncio Rádio RD Online
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Raynet Telecomunicações
Cervejaria da Praça
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Gráfica Modelo
CENTER MÓVEIS REDENTORA
Marina Móveis Redentora
JP Celulares Redentora
Gugui Confecções
Banner Site
ZANY DECORAÇÕES
CONVITE RODEIO BRAGA
UNOPAR INFE
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
Agenda Comércio de Bebidas Vigne e Oliveira
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Nacional Gás Redentora
UNOPAR VESTIBULAR
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
METALÚRGICA PORTELA
Via Tec telecom
Macali Brasil
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Móveis Rústicos do Nego Claudio
BAILE BENEFICENTE - HOSPITAL SANTO ANTÔNIO
MUNDIAL DE CLUBES

Com gol de Firmino na prorrogação, Liverpool vence Flamengo e conquista o Mundial

Além de vingar a derrota de 1981, clube inglês conquistou a taça pela primeira vez na sua história

21/12/2019 17h19
Por: Gilmar Machado
Fonte: Gaúcha ZH
Atacante brasileiro marcou após contra-ataque puxado por Mané Foto: Giuseppe CACACE / AFP
Atacante brasileiro marcou após contra-ataque puxado por Mané Foto: Giuseppe CACACE / AFP

Pelos pés de um brasileiro, acabou o sonho rubro-negro. Com gol de Roberto Firmino, na prorrogação, o Flamengo foi derrotado por 1 a 0 pelo Liverpool, neste sábado (21), em Doha, no Catar. Depois de empate em 0 a 0 no tempo normal, o lance que frustrou os cariocas veio aos oito minutos da primeira etapa do tempo extra. Além de dar o troco pela derrota sofrida em 1981, no Japão, o clube inglês conquistou seu primeiro Mundial de Clubes.

No primeiro tempo, os comandados de Jorge Jesus deram a impressão de que poderiam jogar de igual para igual com os campeões europeus. Com dribles e arrancadas de Bruno Henrique, criaram dificuldades à defesa inglesa, mas sem dar um único chute ao gol de Alisson.

O Liverpool, por sua vez, quando chegava, era sempre mais perigoso. Na melhor das oportunidades, logo nos minutos inicias, Firmino foi lançado às costas da zaga e, cara a cara com o goleiro Diego Alves, finalizou por cima do travessão.

Na etapa complementar, a balança pesou em favor do time europeu. O gol poderia ter saído, inclusive, quando Firmino aplicou belo drible em Rodrigo Caio e, praticamente dentro da pequena área, acertou a trave flamenguista. Já nos acréscimos, o estádio ficou em silêncio para acompanhar a marcação de um pênalti de Rafinha sobre Mané. Porém, com o auxílio do VAR, o árbitro voltou atrás e anulou o lance.

Enfim, na prorrogação, a pressão inglesa deu resultado. Aos oito minutos, o Liverpool foi letal em sua especialidade: o contra-ataque. Após lançamento de Henderson, que terminou com Mané servindo Firmino na área, o brasileiro ainda driblou o goleiro antes de bater na saída do zagueiro Rodrigo Caio para estufar a rede carioca. 

Atrás do placar, o Flamengo não conseguiu reagir. Nos minutos que se seguiram, o Liverpool só não ampliou graças à atuação de Diego Alves. É verdade que teve a chance de empatar, com Lincoln, livre na área, pegando muito embaixo da bola. Restou a ideia de que o time caiu de pé diante das estrelas de Jürgen Klopp. A taça do Mundial, contundo, irá repousar na Inglaterra. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.