RD Online
Raynet Telecomunicações
Nacional Gás Redentora
METALÚRGICA PORTELA
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Móveis Rústicos do Nego Claudio
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
Banner Site
BAILE BENEFICENTE - HOSPITAL SANTO ANTÔNIO
Anúncio Rádio RD Online
Via Tec telecom
Cervejaria da Praça
Macali Brasil
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
Agenda Comércio de Bebidas Vigne e Oliveira
UNOPAR INFE
Gugui Confecções
Marina Móveis Redentora
CONVITE RODEIO BRAGA
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Gráfica Modelo
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
CENTER MÓVEIS REDENTORA
UNOPAR VESTIBULAR
ZANY DECORAÇÕES
JP Celulares Redentora
CRIME BÁRBARO

Encontrado corpo da bebê que foi morta e jogada num lago pelos próprios pais

10/01/2020 10h32Atualizado há 1 semana
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Porto Notícias
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os bombeiros com ajuda de cão farejador, apoio da Policia Civil e Militar de Tabaporã encontraram  na noite desta quinta-feira (09) o corpo da criança de quase 06 meses de idade, que foi morta pelos próprios pais e teve o corpo jogado dentro de um poço em Tabaporã (190-km de Sinop), Mato Grosso.

A criança e os pais estavam desaparecidos desde o final do ano passado, quando foram vistos próximo ao córrego Sereno. Os pais estavam com a criança em um carrinho de bebê, e depois foram vistos sozinhos esperando carona. Desde estão não foram mais vistos na cidade. O Conselho Tutelar e a Policia tentaram localizar a criança, porém sem sucesso. Uma pessoa informou que os pais disseram que precisaram sair às pressas da cidade, e pediram pra queimar as coisas da bebê. A casa que eles moraram foi encontrada abandonada.

Com a denúncia do desaparecimento da criança, e o sumiço do casal, a Polícia passou a investigar o caso na última quarta-feira dia 08 de janeiro, e o que começou apenas como um “suposto sumiço” da criança, evoluiu para um crime bárbaro que revoltou a toda sociedade tabaporaense.

Com as buscas pela criança iniciadas, o corpo foi encontrado por volta das 22 horas, confirmando que a criança foi mesmo morta pelos pais.

O casal que tinha fugido de Tabaporã, foi capturado na cidade de Jataí- Goiás, e após interrogados pelo delegado local, confessaram a autoria do crime e indicaram onde efetivamente ocultaram o cadáver da criança.

O corpo da bebê foi ocultado no fundo de um poço nas proximidades da cidade de Tabaporã.

Casal problema

Há cerca de quatro meses, o casal já havia sido denunciado por maus tratos contra a criança, e a bebê ficou na Casa de Passagem durante certo período, até que a guarda foi devolvida aos pais.

A criança já apresentava sinais de maus tratos, e pessoas que conheciam o casal relatam que ambos eram usuários de drogas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.