RD Online
Gugui Confecções
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Via Tec telecom
Gráfica Modelo
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Marina Móveis Redentora
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
UNOPAR INFE
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Banner Site
Anúncio Rádio RD Online
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
Agenda Comércio de Bebidas Vigne e Oliveira
ZANY DECORAÇÕES
Móveis Rústicos do Nego Claudio
Macali Brasil
CENTER MÓVEIS REDENTORA
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
CONVITE RODEIO BRAGA
UNOPAR VESTIBULAR
BAILE BENEFICENTE - HOSPITAL SANTO ANTÔNIO
METALÚRGICA PORTELA
JP Celulares Redentora
Nacional Gás Redentora
Raynet Telecomunicações
Cervejaria da Praça

Carro é apreendido e suspeito de atropelar mãe e filha é identificado

14/01/2020 16h52
Por: Ryan Silvestre
Fonte: G1 RS
Carro foi localizado na Rua Rita Barem, na Zona Leste da Capital. — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação
Carro foi localizado na Rua Rita Barem, na Zona Leste da Capital. — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

A Polícia Civil identificou o suspeito de atropelar mãe e filha em Porto Alegre, no início da tarde desta terça-feira (14). O veículo foi apreendido em frente a uma residência da Rua Rita Barem, na Zona Leste da Capital. O carro pertence a uma locadora de veículos.

O motorista é morador de Porto Alegre e já foi identificado. A polícia aguarda a apresentação dele e não vai divulgar o nome do suspeito com base na Lei de Abuso de Autoridade, comunicou o delegado Carlos Butarelli ao G1.

O acidente causou a morte de Brenda Gabriele Vargas Carreles, de 19 anos, na noite de segunda (13). A mãe dela, Cátia Silene Vargas Moreira, de 42 anos, ficou ferida e foi internada. O motorista fugiu sem prestar socorro, segundo testemunhas.

Mãe e filha andavam a poucos passos da faixa de segurança quando foram atingidas pelo carro. Elas faziam um trajeto diagonal.

Cátia e Brenda saíam de um colégio particular, que fica perto do local do acidente, onde tinham acabado de fazer a matrícula de Brenda, que ganhou uma bolsa de estudos na instituição.

O irmão mais velho da jovem disse à RBS TV que ela era uma menina reservada e que estava empolgada com a bolsa. Brenda iniciaria o ensino médio este ano.

Cátia fraturou as duas pernas e passou por cirurgia. Segundo informações, ela está estável e sendo medicada.

"Com base na perícia e na distância que o corpo foi arremessado, é provável que os peritos consigam a velocidade aproximada que o veículo estava no momento da colisão", explica o delegado.

O motorista pode responder por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. Dependendo do resultados da perícia, que mostrará se o carro estava em velocidade acima da permitida na via, e também se o veículo e o motorista estavam com os documentos em dia, a pessoa responsável responderá por outros crimes.

  • Carro é apreendido e suspeito de atropelar mãe e filha é identificado
  • Carro é apreendido e suspeito de atropelar mãe e filha é identificado
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.