RD Online
METALÚRGICA PORTELA
Gráfica Modelo
Agenda Comércio de Bebidas Vigne e Oliveira
Móveis Rústicos do Nego Claudio
Marina Móveis Redentora
UNOPAR INFE
UNOPAR VESTIBULAR
CENTER MÓVEIS REDENTORA
TELE ENTREGA DE GÁS E BEBIDAS DO JAIRO
Via Tec telecom
Cervejaria da Praça
JP Celulares Redentora
Banner Site
JL MÓVEIS E ESQUADRIAS REDENTORA
Anúncio Rádio RD Online
Gugui Confecções
Nacional Gás Redentora
Raynet Telecomunicações
BAILE BENEFICENTE - HOSPITAL SANTO ANTÔNIO
CONVITE RODEIO BRAGA
ZANY DECORAÇÕES
PADARIA E CONFEITARIA DOCE SABOR
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA 2
C-TEC ELETRÔNICOS E INFORMÁTICA
CS CLIMATIZAÇÃO EM TENENTE PORTELA
Macali Brasil
FORÇA NACIONAL

Força Nacional permanecerá mais 180 dias em terra indígena no Pará

De acordo com o documento, a operação terá o apoio logístico da Funai, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional.

15/01/2020 08h29
Por: Gilmar Machado
Fonte: Agência Brasil
Força Nacional de Segurança Pública - FNSP/MJ/Divulgação
Força Nacional de Segurança Pública - FNSP/MJ/Divulgação

A Força Nacional de Segurança Pública vai ficar mais 180 dias, a contar de 28 de janeiro, no apoio às ações da Fundação Nacional do Índio (Funai), no processo de desintrusão da Terra Indígena Apyterewa, no estado do Pará, em caráter episódico e planejado.

A portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública, autorizando a medida, está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (15).

De acordo com o documento, a operação terá o apoio logístico da Funai, que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional.

A quantidade de militares a ser disponibilizada obedecerá ao planejamento definido pelo ministério.

A desintrusão é uma medida jurídica que garante os direitos territoriais indígenas, autorizando a retirada de eventuais ocupantes não índios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.