Rádio Seven Online
Via Tec telecom
RD Foco
Usina do Guarita

CEEE investe na modernização da usina hidrelétrica do Guarita

Objetivo é ampliar a disponibilidade de geração de energia e a vida útil da PCH

11/07/2018 20h34
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Grupo CEEE
Casa de força da usina está localizada em Erval Seco (Foto: Divulgação/CEEE)
Casa de força da usina está localizada em Erval Seco (Foto: Divulgação/CEEE)

 

Já estão em andamento, as obras de automação e atualização tecnológica da usina do Guarita, no município de Erval Seco. Até o fim de agosto, a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) receberá equipamentos digitais que substituirão os atuais analógicos. A usina do Guarita é a terceira no Norte do Rio Grande do Sul a ser modernizada pela CEEE Geração e Transmissão, com investimentos de R$ 16 milhões, oriundos de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Nas unidades de Ernestina, em Tio Hugo, e Capigui, em Passo Fundo, os trabalhos já foram concluídos.

O objetivo da CEEE é ampliar a disponibilidade de geração de energia e a vida útil da usina, que está em operação desde 1953. Os novos equipamentos vão executar as funções de controle, comando, medição, proteção e regulação. Com isso, todo o funcionamento da PCH poderá ser supervisionado e telecomandado a partir do Centro de Operações do Sistema Salto, localizado na Usina de Canastra, em Canela.

As obras concluídas atingem 30%. A máquina está desmontada e a turbina e o eixo foram levados pela empresa contratada para usinagem em uma metalúrgica no município de Estrela. Aproveitando a interrupção na produção de energia, equipes da CEEE estão fazendo uma série de manutenções corretivas no grupo gerador, enquanto a contratada realiza a instalação dos equipamentos digitais que vão monitorar o funcionamento da usina.

Usina de Guarita:

A Pequena Central Hidrelétrica tem a casa de força no município de Erval Seco, às margens do Rio Guarita. Em operação desde 1953, possui uma unidade geradora de 1,76 megawatts (MW). O reservatório tem margens em Redentora e Erval Seco, e é formado por duas barragens: a do Guarita e a de João Amado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.