Rádio 7 Online
Vacinação no Brasil

Campanha Nacional de Vacinação contra pólio e sarampo é prorrogada até 14 de setembro

Dados preliminares revelam que imunização alcança média nacional de 88%

03/09/2018 22h29Atualizado há 9 meses
Por: Josoel Silvestre
Fonte: Ministério da Saúde
Doses são destinadas as crianças entre um ano e menores de cinco anos de idade (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)
Doses são destinadas as crianças entre um ano e menores de cinco anos de idade (Foto: Divulgação/Ministério da Saúde)

Os estados e municípios que ainda estão abaixo da meta de imunizar, pelo menos, 95% das crianças entre um ano e menores de cinco anos de idade contra a poliomielite e o sarampo, terão mais 15 dias para ofertar as duas vacinas na rede pública de saúde. O governo federal prorrogou até dia 14 de setembro, a Campanha Nacional de Vacinação.

 

Até o momento, mais de 1,3 milhão de crianças não recebeu o reforço destas vacinas. A recomendação é que os estados e municípios façam busca ativa para garantir que o público-alvo da campanha seja vacinado. Até essa segunda-feira (03), 88% das crianças receberam as vacinas contra a pólio e o sarampo em todo o país.

 

Segundo o ministério da Saúde, Amapá, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia, Espírito Santo, Sergipe e Maranhão, atingiram a meta de vacinação. Mas, doze estados ainda estão abaixo da média nacional de 88% das crianças vacinadas contra as duas doenças. O Rio de Janeiro continua com o menor índice de imunização, seguido por Roraima, Pará, Piauí, Distrito Federal, Acre, Bahia, Rio Grande do Sul, São Paulo, Alagoas, Rio Grande do Norte e Amazonas.

 

Em todo o país, foram aplicadas mais de 19,7 milhões de doses das vacinas. A campanha deste ano é indiscriminada, por isso, todas as crianças na faixa etária devem se vacinar, independente da situação vacinal.

 

– Estamos dando mais uma oportunidade para que essas crianças sejam vacinadas contra a pólio e o sarampo. Vinte estados ainda não atingiram a meta da campanha. É preciso que os gestores de saúde, bem como pais e responsáveis, se conscientizem da importância da vacinação contra essas doenças. Para estarmos protegidos contra a pólio e sarampo é preciso atingir a meta de 95% nacionalmente – disse o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.